[Persistência] Fazer o certo dá Trabalho, não tem Glamour e leva Tempo

190 Flares Twitter 4 Facebook 101 Google+ 6 LinkedIn 79 Email -- Buffer 0 190 Flares ×

Não importa o que você faz atualmente (sendo empreendedor ou funcionário), o sucesso só vem para quem tem persistência. Então, a melhor coisa que você pode fazer neste momento é evitar as armadilhas e “os atalhos” que parecem fáceis demais, pois dificilmente estradas asfaltadas nos levam a lugares maravilhosos.

persistencia

>> Tweet isso: “Dificilmente estradas asfaltadas nos levam a lugares maravilhosos“.

Não significa que para ter sucesso você precisará sofrer. Não é isso! Mas certamente você precisará persistir, pois obstáculos vão surgir e dos mais variados tipos. O ponto é que muita gente se ilude e prefere acreditar nas fórmulas mágicas do sucesso.

Provavelmente você já deve ter ouvido a frase: “Nada se cria, tudo se copia” ou “Nada se cria, tudo se transforma”. Eu concordo e, em tempos de internet, ficará cada vez mais difícil ver algo 100% original.

Facebook não é original, as rodas de amigos já existem há anos. Groupon não é original, cupons de desconto existem desde da década de 40 (se eu não me engano). Twitter não é original, afinal, provavelmente você conhece a história de uma pessoa que há mais de 2000 anos implementou a ideia de seguidores, certo? Mas não é isto que incomoda, afinal, transformar ideias boas em algo melhor é genial. Steve Jobs fez isso também, reunindo as ideias: celular + tocador de músicas + acesso a internet em um único aparelho como uma experiência incrível (tela touch screen).

O ponto é que existem muitas cópias de lixo ou lixo reciclado. É a cópia da cópia da cópia só para “ganhar dinheiro rápido“. Um imediatismo frenético que faz com que nada de útil fique para as próximas gerações. Mas isso também não me incomoda. O problema cultural que isso gera no longo prazo. Isso me incomoda. Vejo muitas pessoas preocupadas só em “tirar o leite da vaca”, sem pensar que um dia “a vaca vai morrer”. Sem pensar que se você não criar nada de valor, valor nenhum você vai ter (no longo prazo).

Se você não criar nada de valor, valor nenhum você vai ter…

Fuja do imediatismo sempre que possível e mantenha o foco na construção de “coisas” a longo prazo. Esta é inclusive a maneira mais inteligente de filtrar os 95% do lixo da internet. Quando você for abordado por soluções que prometem pouco trabalho e muito ganho, tenha certeza que isso muito provavelmente não é duradouro! O dinheiro fácil é bom, mas não é duradouro.

É como construir uma casa de papelão. Funciona é barato e rápido, mas não é pra sempre. Agora me responda: você quer ficar “correndo atrás do prejuízo” como alguns falam, até morrer?

persistencia - construa um futuro, não um semestre

Empreendedores e pessoas de sucesso pensam no longo prazo. Pensam em construir uma casa (um negócio) para 40-50 anos. Eles sabem que no começo vai dar muito trabalho, vai gastar muito dinheiro, porém, o retorno e tranquilidade a longo prazo para quem planta e colhe na hora certa é enorme.

Vejo muitas empresas colhendo rápido demais (carros para diretores, celulares pagos pela empresa…). Querem “dar lucro” para os acionistas rápido demais. E isso é péssimo! Não só para o mundo empresarial, mas para o nosso sistema como um todo, pois estamos perdendo a essência de “construir para durar” que nossos avós tinham. Quer outro exemplo? Casamentos! O número de pessoas divorciadas aumenta absurdamente a cada ano. O negócio é aproveitar o que der e depois, cada um vai para o seu lado.

Honestamente, esse é o legado que você quer deixar para as futuras gerações? Eu não!

Comece a filtrar o que voce lê. Pare de acreditar nas “capas de revista” que dizem que fulano faturou 10 milhões de reais em apenas 9 meses com sua startup! Até porque, a revista não vai se preocupar muito em te contar que este mesmo fulano, nos últimos 10 anos, quebrou 2 empresas antes de dar certo.

Acredite! Fazer o certo dá trabalho, não tem glamour e leva tempo. Mas vale a pena. Estude grandes empresas e vai ver, as coisas levam tempo. Empresas duradouras levam tempo para serem construídas.

Um Método Simples

Particularmente, não leio os grandes jornais, não leio notícias sobre tragédias, não leio sobre esportes… Não consumo (leio ou assisto) nada que não contribua de fato para:

  1. O meu sucesso ou o sucesso dos meus clientes;
  2. A minha felicidade pessoal e profissional.

Faz anos também que não compro revistas impressas de negócios e não assisto televisão.

Algo que aprendi nestes vários anos praticando este método simples (de filtro brutal) é que, se algo for realmente importante, alguém vai me dizer. Eu não preciso ir atrás. Se a informação for realmente relevante, ela dará um jeito de chegar até mim.

Ok, você pode me chamar de bitolado. Eu chamo isso de focado no que realmente é importante. Felicidade e Sucesso!

Resumindo:

  • Mude sua mentalidade de curto prazo para longo prazo;
  • Construa uma vida, não somente um semestre;
  • Se for copiar, copie bons exemplos;
  • Não consuma nada que não te faça feliz ou dê resultado (de verdade);
  • Repita e reveja este ciclo de tempos em tempos para continuar a aumentar sua produtividade;
  • Lembre-se: Construir algo de valor dá trabalho, não tem glamour e leva tempo.

E por fim (mas não menos importante), sempre que você estiver lendo/assistindo/aprendendo algo, se pergunte: isso daqui há 5 anos, ainda será relevante pra mim?

Exemplo: Aprender a vender, entender a mente do seu cliente e se posicionar no mercado. Isso é algo que vai ser relevante daqui 5 anos independente das ferramentas que estiverem disponíveis naquele momento? Independente da empresa que eu estiver trabalhando?

Com certeza! Então, isso vale seu tempo e investimento, pois isso lhe trará um valor percebido muito maior perante o seu mercado.

Não quero dizer que ferramentas não são importantes, claro que são. Mas os conceitos, os fundamentos,  estratégias e habilidades, uma vez aprendidas, são atemporais. Não sou eu que estou dizendo isso, leia por exemplo A Arte da Guerra, A Lei do Triunfo e até mesmo a Bíblia e depois me conta se estes não são ensinamentos válidos até hoje?

E você, o que me diz desta história toda? Deixe seu comentário abaixo.